Ventosaterapia.

Uma terapia por sucção

Embora pareça uma técnica simples, recomenda-se não fazer uso caseiro deste método, tornando-se prejudicial quando não se têm um conhecimento ou treinamento prévio na aplicação das ventosas...

Ventosaterapia, é o nome que se dá a uma técnica antiga que surgiu não se sabe exato em que momento da história. Sendo que atualmente um dos procedimentos básico é a colocação de campânulas ou copos redondos de vidro sobre a pele, gerando a sucção do local, com ventosas. A terapia já havia sido utilizada desde centenas de anos atrás, pelos gregos, egípcios e principalmente pelos chineses que por muito tempo continuaram empregando o método de forma medicinal. Na cultura helênica, o filósofo grego Hipócrates menciona em seus escritos esta aplicação, praticada pelo povo desde o século IV a.C.. Na América do Sul e América Central acredita-se que também os xamãs (curandeiros indígenas) faziam uso desta técnica, onde utilizavam o porongo ou a cabaça no lugar das campânulas de vidro. Já os orientais utilizavam dos gomos do bambu (ou taboca, taquara como é conhecido no Brasil). Estes copos ou campânulas atuavam como ventosas, pois eram aquecidos internamente com fogo, criando o vácuo, pela queima do ar no seu interior. Para que o efeito do vácuo fosse mais intenso e gerasse a sucção desejada, eram aplicados imediatamente nas áreas específicas do corpo, principalmente nas costas ou observados os pontos de energia, os meridianos. Para conhecer estes pontos era necessário ter um conhecimento prévio, ou melhor, um treinamento especializado, é como acontece atualmente. O principal efeito terapêutico é de controlar a corrente sanguínea e tem como base a troca gasosa, visando limpar o sangue através da pele, já que a ventosa tem a mesma fisiologia da troca gasosa do pulmão e dos rins. Acredita-se que a pressão negativa produzida pelo vácuo, auxilia equilibrar a bioquímica do sangue.
Segundo a Medicina Tradicional Chinesa (MTC), as toxinas acumuladas pela sujeira da água, dos alimentos, ou emoções desequilibradas causam a estagnação do sangue deixando-o escuro, de certa forma sujo, nas diferentes regiões do corpo, músculos, costas ou nas articulações, causando doenças. Daí a necessidade desta aplicação para que a pessoa possa se restabelecer. É tido como o "Tratamento Negativo”, que consiste em trazer as células doentes do sangue, do interior do corpo para a superfície, através de fortes absorções. Este método ajuda recuperar as células doentes.
No Oriente a ventosaterapia foi desenvolvida dentro da ideologia da acupuntura e acreditavam na crença de que a resistência contra a doença podia ser alcançada, induzindo o corpo a curar-se pela aplicação de ventosas em algum dos 12 meridianos do corpo ou em nódulos de reação positiva. Na época das grandes navegações e dos descobrimentos, estas técnicas desconhecidas, chegaram à Europa e foram muito bem utilizadas, pois auxiliavam na cura da grande maioria das doenças existentes.
Atualmente percebe-se que a ventosaterapia quando aplicada no corpo traz extraordinários benefícios, não apenas físicos, como também psíquicos. Como não possui efeitos colaterais é um método que serve para todas as idades, apenas mantendo-se o cuidado com gestantes acima dos sete meses. Desta forma, é indicado para fortalecer o sistema circulatório, no fortalecimento da respiração da pele e limpeza do sangue reequilibrando o pH sanguíneo, na arteriosclerose, auxiliando evitar infarto ou derrame, aliviando dores musculares (nevralgias, artrites e lombalgias), no combate do stress, relaxamento das tensões, terapêutico das gripes e resfriados, no tratamento da celulite, para pessoas que sofrem de pressão alta, asma, alergias, ativando a secreção hormonal, no trato de intoxicação por substâncias químicas, auxiliando contra anemia pois aumenta a vida útil do glóbulos vermelhos, para doenças dos rins e fígado, melhorando o estado geral de saúde de doente crônicos e sobretudo gerando uma profunda sensação de bem estar e calma ao paciente. E o mais importante, melhorando a qualidade de vida de todo o ser humano, pois cada vez mais as pessoas desejam ter mais saúde e melhores condições de vida, dessa forma para quem ainda não conhece a ventosaterapia, recomendo conhecer esta excelente técnica milenar que também esta presente no vale do Alto Taquari.

Escrito por Moises Pochmann.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

10 tipos de terapias alternativas para aliviar a dor e o estresse

Meridianos Dos Pés à Cabeça

Terapia Frequencial, Saúde Quantica.